Empresa vencedora dos leilões de energia no Maranhão apresenta empreendimento à Seinc

O secretário adjunto de Minas e Energia, Francisco Fraga; o superintendente de Investimentos, Gustavo Lago; e a equipe de gestores da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) estiveram reunidos com representantes da EDP, empresa atuante na área de geração, distribuição e comercialização de energia elétrica. A EDP, presente em 12 estados do Brasil e em 14 países, arrematou cinco lotes nos leilões 13/2015 e 05/2016 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), incluindo dois lotes que estão, integralmente, no estado do Maranhão, os 7 e 11, além de um terceiro arrematado, que passa por municípios do estado.

A EDP apresentou durante o encontro o empreendimento que o Maranhão estará recebendo na área de energia elétrica. Foram investidos R$ 3,7 bilhões para a instalação de cerca de 300 km de linhas de transmissão e subestações, que atenderão a Região Metropolitana de São Luís, os Portos do Itaqui e Mearim, dentre outros municípios do estado. O empreendimento está em processo de licenciamento ambiental, iniciado em junho deste ano. A previsão é que a licença de instalação seja expedida em dezembro de 2018, e a de operação, em janeiro de 2021.

Os representantes da EDP registraram o interesse em trabalhar com o maior número de empresas locais possíveis, desde fornecedores até de prestação de mão de obra e serviços. A Seinc, por meio da Rodada de Negócios e do Programa Mais Produtivo, fornecerá à empresa o aporte necessário neste intuito.

“A gente espera uma boa parceria com o Governo do Estado. Faremos todos os esforços para cumprir o compromisso assumido com a Aneel para a implantação deste serviço de utilidade pública, no prazo, qualidade e custos planejados no projeto”, avaliou Eduardo Santarelli, gestor executivo de Meio Ambiente da EDP.

Para o secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, o empreendimento vem atender a demanda energética não só da população, mas também de grandes projetos que vão se instalar na região portuária do estado.

“As linhas de transmissão atenderão o Porto do Itaqui e o Porto Mearim, no Distrito de Bacabeira, com geração de emprego e renda para os maranhenses, o que é extremamente importante, aproveitar a mão de obra e fornecedores locais”, afirmou o secretário.

Linhas de Transmissão e Subestações que serão instaladas pela EDP no estado:

Lote 7
– Linha de Transmissão (LT) 500 KV São Luís II – São Luís IV ( atenderá a região do Porto do Itaqui) C1 e C2;

– Seccionamento na Subestação (SE) São Luís IV da LT 230 KV UTE Porto do Itaqui – São Luís II;

– SE 500/230/69 KV São Luís IV;

Lote 11
– LT 230 KV Coelho Neto – Chapadinha II, C1, C5;

– LT 230 KV Miranda II – Chapadinha II, C1, C5;

– SE 230/69/ 13,8 KV Chapadinha II.