Avança implantação de empresa que vai gerar mais de 1mil empregos na região Sul do Maranhão

A política de atração de investimentos do Governo do Estado, tem incentivado vários empreendimentos a se instalaram no Maranhão. Na região Sul do estado, o grupo Origine, está com os trabalhos avançados para a implantação de uma indústria em Estreito e uma unidade de confinamento em Carolina.

Com um aporte de R$ 70 milhões, devem ser gerados mais de 1000 empregos diretos e 4 mil indiretos na unidade em Estreito. Já em Carolina serão 80 empregos diretos, na unidade de confinamento com capacidade para agregar 40 mil animais.

No último sábado (7), o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, esteve com uma equipe visitando as instalações da área de confinamento de animais da empresa. Para ele, o empreendimento é mais uma resposta dos resultados positivos gerados pela ambiência favorável aos negócios implantada pela pasta.

“A empresa avançou muito nos trabalhos para a implantação da unidade aqui em Carolina. Teremos a geração de emprego, renda, e, consequentemente, desenvolvimento para toda a região”, destacou.

A Origine trabalha com gado da raça Akaushi, sendo pioneira no país. Aprimorada nos Estados Unidos. A raça de origem japonesa, oferece maciez, sabor e suculência superior e vem sendo utilizada no Brasil para produzir animais F1, especialmente no cruzamento com os zebuínos Nelore.

O mercado nacional de produção de carne premium em franca expansão deu corpo à iniciativa. De acordo com o coordenador da empresa, Kilmess Rodrigues, o projeto já está em fase final em Carolina. Ele destacou, também, o acompanhando realizado pelo Governo. “O empreendimento será muito importante para toda a região. Esse acompanhamento que está sendo feito, é muito importante para o desenvolvimento”, relatou.