Seinc vai construir helipontos em cidades do Maranhão

Publicado em 31 de março de 2018.

Com a proposta de investir em mecanismos que auxiliem e contribuam para os serviços de saúde, segurança pública e desenvolvimento, a Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), dará início a primeira fase do projeto de construção de diversos helipontos no Maranhão, com operação diurna e noturna.

Em recente reunião realizada entre o secretário da Seinc, Simplício Araújo e o comandante do Centro Tático Aéreo, Cel. Ismael de Souza, foram discutidos pontos estratégicos que possam ajudar em diversas ações que incluem as operações nos helipontos.

Cidades como Pinheiro, Lago da Pedra, Pedreiras, Coroatá devem receber a primeira fase do projeto, visando ajudar em demandas como transferência de pacientes do interior para a capital, serviços de segurança, entre outros.

“Estamos investindo nesses pontos, tendo em vista que a infraestrutura aeroportuária pode ajudar em diversas ações. Além dos helipontos, já estamos investindo na revitalização dos nossos aeroportos”, pontuou Simplício Araújo.

As os municípios citados passaram por estudos de viabilidade técnica, para embasamento na construção, de acordo com a legislação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os helipontos serão construídos em localidades onde, preferencialmente não há aeródromo ou de acordo com a viabilidade técnica.

Investimentos em infraestrutura aeroportuária

Além da construção de helipontos, a Seinc já entregou os aeroportos de Bacabal, que estava interditado desde 2008 por inadequações, recebeu serviços de manutenção preventiva e corretiva, além de uma série de melhorias estruturais executadas pelo Governo do Estado e agora atende as determinações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Carolina e Balsas, totalmente reformados. Os espaços receberam recuperação da pista de pouso e decolagem, sinalização, além de reforma estrutural.

Atualmente, a Seinc está reformando os aeroportos de Colinas e Santa Inês. Em ambos os locais, estão sendo realizados serviços de cerca, manutenção de áreas verdes, e reforma do terminal de passageiros.