Com apoio do Governo, fábrica de ração é inaugurada em Vargem Grande

O estímulo do Governo do Maranhão à classe empreendedora e o programa ‘Mais Avicultura’, gerido pela Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) estão mudando a realidade da cadeia do frango no Maranhão. Nesta quarta-feira (16), foi inaugurada a fábrica de ração da empresa Frango Americano, no município de Vargem Grande.

Foram investidos R$ 10 milhões no empreendimento, que vai auxiliar no fomento da cadeia produtiva da avicultura na região Leste do Maranhão. A fábrica vai abastecer aviários da Frango Americano no Estado e seu processo de produção deve inaugurar, em breve, um abatedouro no município de Coroatá.

A fábrica de ração faz parte dos investimentos anunciados pelo programa ‘Mais Avicultura’, lançado em 2015 pelo Governo do Estado, que tem por objetivo viabilizar maior competitividade ao Maranhão no mercado nacional e impulsionar a instalação e ampliação de mais empreendimentos no estado. Com capacidade inicial para alimentar 2 milhões de aves, – número que deve dobrar dentro de pouco tempo – o empreendimento gerou mais de 125 empregos diretos e indiretos.

De acordo com Simplício Araújo, titular da Seinc, em quatro anos de gestão e por meio do ‘Mais Avicultura’, o desafio foi entusiasmar e despertar a classe empreendedora a retornar ao empreendedorismo, quando já não se acreditava mais em empreender no Maranhão. Agora, o desafio é, além de despertar, se colocar na frente dos empreendedores para protege-los.

“Quando nos colocamos na frente do empreendedor, nós não estamos defendendo apenas o empreendedor, estamos defendendo o emprego que o empreendedor está gerando. Essa fábrica e essa cadeia produtiva é um exemplo de como o governador Flávio Dino está trabalhando os empreendimentos no Maranhão de forma democrática. Estamos preparando a matriz agroindustrial, industrial e empreendedora do Maranhão para gerar mais empregos”, sublinhou.

Segundo o diretor da Frango Americano, Evandro Watanabe, a Seinc foi uma das maiores articuladoras para o desenvolvimento do setor avícola no Estado.

“O secretário Simplício Araújo foi uma das pessoas que mais ajudou e lutou pela avicultura do Maranhão. Se temos algum desenvolvimento no setor, uma parcela se deve aos trabalhos da Seinc, que contribuiu para que esse empreendimento da avicultura fosse instalado”, afirmou.

Para o prefeito de Vargem Grande, Carlinhos Barros o empreendimento tem mais de um viés em prol do desenvolvimento do Estado. “Primeiro, ele gera emprego. Em segundo lugar, uma indústria desse porte produz alimento. Graças à Frango Americano o custo do frango baixou muito na região, impactando nas refeições diárias dos alunos de Vargem Grande”, frisou.

Evandro Watanabe ainda acrescentou que “A Frango Americano tem 48 anos no mercado. É a maior empresa do Norte e Nordeste do país no ramo da avicultura. Temos atividades no Piauí, Tocantins, Pará e Maranhão. Mas devo acrescentar  que a nossa meta em crescimento na avicultura é o Estado do Maranhão”.