Com apoio do Governo, empresas expandem negócios no Maranhão

O secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, visitou, na quarta-feira (13), empresas instaladas na região industrial de São Luís. A iniciativa faz parte das ações de apoio e fomento à expansão de negócios no Maranhão, que está sendo executada, desde 2015, pelo Governo do Estado.

A equipe da Seinc conheceu as instalações da fábrica do grupo Nordeste Refrigeração, que vai produzir, inicialmente, no Maranhão, freezers e vai montar ar condicionados da marca Elbrus. A empresa tem lojas em São Luís e Teresina. Com a geração inicial de 159 empregos diretos, o empreendimento conta com mais de mil painéis solares no prédio para a produção de energia solar.

“Nossa proposta é incentivar e apoiar a chegada de novos empreendimentos e a expansão dos que já estão instalados no estado. A política de atração de investimentos é fundamental, tendo em vista que está possibilitando a geração de emprego, renda e desenvolvimento no Maranhão”, disse o secretário Simplício Araújo.

O proprietário do Nordeste Refrigeração, Domingos Genival, explica que o apoio do Governo do Estado foi fundamental na implantação do empreendimento que além de freezers e ar condicionados, vai trabalhar na fabricação de bebedouros e máquinas de lavar, em um espaço de 9 mil metros quadrados. A projeção da empresa é de expandir o mercado para as regiões Norte e Nordeste.

“Nós já estamos com essa marca há 6 anos no Maranhão. Quando tivemos a ideia de implantar a fábrica, tivemos total apoio da Seinc em todo o processo, em todos os passos que deveríamos seguir”, ressaltou o empresário.

Expansão de negócios

Os gestores da Seinc, também, estiveram nas instalações da fábrica da Predmix, que está ampliando a planta da empresa, localizada no Distrito Industrial de São Luís (Disal), com investimento de R$ 15 milhões. A empresa trabalha com a fabricação de blocos, piso, meio fio, tubos, galpões e lajes a base de concreto.

O proprietário, Ribamar Viana, destaca que a expansão da empresa está triplicando a produção que, hoje, tem maquinário moderno, incluindo uma das maiores máquinas para a produção de blocos e pisos de concreto do mundo e que o apoio do Governo deu suporte para a expansão.

“É muito importante o apoio que o Governo está dando para iniciarmos esse investimento por meio de uma máquina que fabrica 20 mil blocos de concretos/dia. Hoje tem apenas cinco máquinas no país, incluindo o Maranhão, para atender o mercado que está em expansão”, frisou Ribamar Viana.