Seinc entrega mais oito ambulâncias e atinge a marca de 42 veículos doados por contrapartidas sociais

Publicado em 2 de junho de 2020.

Secretário Simplício Araújo entrega ambulâncias a representantes dos municípios (Foto: Arthur Costa)

A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) atingiu a marca de 42 ambulâncias doadas a municípios e hospitais regionais maranhenses nesta terça-feira (2), em São Luís, com a entrega de mais oito veículos sanitários em parceria com a empresa VLI Logística. A doação dos veículos foi mediante contrapartidas sociais e consolida os esforços do poder público para combater o coronavírus e reforçar a saúde no Maranhão.

A entrega das ambulâncias foi realizada pelo secretário da Seinc, Simplício Araújo, aos prefeitos, secretários de saúde municipais e outros representantes seguindo as normas de segurança sanitária. Foram contemplados com a entrega os municípios de Buriticupu, Lima Campos, Matões, São Luís Gonzaga, São Raimundo do Doca Bezerra, Timon, São João dos Patos e o Hospital Estadual Dr. Kleber Branco do município de Pedreiras.

Ao todo, a VLI doou dez ambulâncias. A Seinc já havia entregado dois veículos sanitários doados pela empresa aos municípios de Cedral e Esperantinópolis em fevereiro. “Essas ambulâncias chegam num momento muito importante, porque vão ser usadas, principalmente, para o transporte de pacientes com Covid-19, e a maioria dos municípios está praticamente sem veículos. Por isso, agradecemos a empresa VLI por essa concessão ao povo do Maranhão”, destaca Simplício Araújo.

Para o gerente de operação da VLI, Thiago Vanz, a importância da contrapartida social das ambulâncias se traduz por ajudar a todos. “A empresa está orgulhosa por ter a oportunidade de fazer essa doação, de extrema importância para o Maranhão, dado o momento de pandemia. Estamos sendo muito transparentes em tudo o que estamos fazendo, em parceria com o Governo do Estado”.

Ainda segundo o secretário Simplício Araújo, as contrapartidas sociais são estabelecidas por empreendimentos privados, mediante apoio do Governo do Estado na instalação ou expansão de negócios. “Antes não tínhamos notícias de contrapartidas sociais em benefício da população. Mas hoje em dia, muitas estão se transformando em objetos de melhoria social e até em instrumentos importantes e necessários de enfrentamento à Covid-19, chegando em um momento mais que oportuno e salvando vidas”.

Mais doações
O secretário explica que, para o enfrentamento da pandemia, além das 42 ambulâncias, foram entregues outros equipamentos auxiliares ao setor de saúde pela VLI e outras empresas, como os 187 respiradores doados a hospitais públicos. “Foram mais que uma contrapartida social, mas uma responsabilidade social dessas empresas com o Maranhão”, frisou Simplício.