Secretários de Estado do Maranhão se destacam ao liderar entidades nacionais

Publicado em 21 de julho de 2020.

Secretários de Estado e gestores do Governo do Maranhão vêm ocupando a presidência de diversas entidades nacionais. São cargos para os quais foram eleitos por seus pares de outros estados.

Isso vem dando destaque aos gestores maranhenses em áreas como saúde, economia e direito.

Em meio à pandemia de coronavírus, o secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, foi eleito para a presidência do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Ele assumiu o posto no começo do mês de julho.

O Conselho vem se destacando no enfrentamento ao coronavírus, fazendo a articulação e a troca de informações entre os secretários de Saúde dos estados.

“À frente do Conass, nos propomos a encontrar uma saída para crise sanitária. O que esperamos é a construção conjunta de medidas concretas e ágeis na resposta à emergência em saúde pública, essenciais para retomada gradual da rotina dos estados e o resgate da qualidade de vida dos brasileiros”, diz o secretário.

“Nós entendemos que, decisões devem ser tomadas e escolhas devem ser feitas, pois existem vidas a serem salvas diariamente no país. O compromisso com a saúde pública é ainda maior porque existe uma pandemia a ser controlada”, acrescentou Carlos Lula.

Gestão fiscal e orçamento

O Conselho Nacional de Secretários de Estado de Planejamento (Conseplan) é presidido pela Secretaria de Estado do Planejamento do Maranhão, Cynthia Mota Lima.

A entidade faz o planejamento conjunto entre os secretários, discute e define ações conjuntas na área de gestão fiscal e de orçamento.

“Liderar o Consenplan tem sido uma experiência singular e de grande relevância para o Estado do Maranhão. Os últimos anos de crise econômica e restrição fiscal que o nosso país atravessa só reforçam a importância do planejamento no setor público”, afirma Mota Lima.

Ela acrescenta que o Conselho “tem desempenhado um papel estratégico de fortalecimento institucional dos Estados, compartilhamento de experiências e articulação interfederativa, elementos fundamentais para superação dos atuais desafios”.

Conquista de direitos

O Colégio Nacional dos Procuradores-gerais dos Estados e do Distrito Federal (Conpeg) também é presidido por um representante do Maranhão: procurador-geral Rodrigo Maia.

Cabe à entidade traçar ações conjuntas em defesa das unidades federativas. Umas das conquistas foi a determinação pelo Supremo Tribunal Federal, em dezembro passado, que a União transferisse imediatamente aos Fundos Estaduais e Distrital 50% dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e que não fizesse novos bloqueios.

“O Conpeg é uma instituição que tem um papel fundamental na reafirmação e na representatividade dos Estados. Nós instituímos uma rede de cooperação muito proveitosa e muito eficiente para os Estados, na medida em que, em prol de seus interesses, têm atuado de maneira muito assertiva na defesa em juízo e na interlocução com outras instituições, como o Congresso Nacional e o Tribunal de Contas da União. É uma importante ferramenta de defesa da Federação”, afirma Rodrigo Maia.

Detrans

A presidente do Detran-MA, Larissa Abdalla, é a presidente da Associação Nacional de Detrans (AND). O principal objetivo do órgão é buscar soluções para o trânsito e a legislação da área.

A Associação também representa as respectivas unidades junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Agropecuária

Fabiola Ewerton, diretora geral da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), é a principal representante para a região Nordeste na Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa).

A entidade faz articulação entre os órgãos de defesa agropecuária, para garantir o máximo de qualidade para os produtos que são consumidos pelos brasileiros.

Indústria

Simplício Araújo

O Conselho Nacional dos Secretários de Desenvolvimento Econômico (Consedic) está sob a presidência do secretário de Estado de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo.

A entidade tem sido bastante ativa. “Nesse período de pandemia, dialoguei com vários colegas secretários, debatendo sobre ações para aplicamos no nosso respectivo estado”, afirma Simplício.

“O Consedic tem um importante papel, já que coordena os interesses comuns das unidades da Federação junto aos Poderes Executivo e Legislativo. O conselho reúne as secretarias de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico de todos os Estados e do Distrito Federal e tem um papel fundamental em traçar estratégias para o crescimento econômico em todo o território nacional”, acrescenta.

Nordeste

Marcos Pacheco, secretário de Estado de Políticas Públicas, é o representante do Maranhão no Comitê Científico do Nordeste, criado para ajudar a combater a doença com dados estatísticos e informações criteriosas.

Entre as iniciativas já feitas, está o lançamento do aplicativo Monitora Covid-19, que permite o atendimento a distância dos pacientes.

São três linhas de frente focadas pelo grupo. “A primeira linha é a modelagem matemática da epidemia, isto é, fazer simulações e previsões. A outra linha é de insumos e pesquisas relacionadas com a pandemia, como equipamentos de segurança, respiradores, vacinas e medicamentos, acompanhando a produção acadêmica nesse campo. E a terceira frente trabalha com as ações do campo sócio-econômico, incluindo produção de renda e trabalho”, diz Pacheco.

Segurança

Jefferson Portela, secretário da Segurança Pública do Maranhão, presidiu por dois anos seguidos (2016-2018) o Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública (2016-18).