Retrospectiva – Contrapartidas sociais articuladas pela Seinc reforçam combate ao coronavírus no Maranhão

Publicado em 10 de janeiro de 2021.

Secretário Simplício Araújo acompanhando a chegada de segunda remessa de respiradores comprados na China que estão ajudando de vítimas do novo coronavírus no Maranhão (Foto: Divulgação).

Ao longo de 2020, o Governo do Maranhão trabalhou ativamente no enfrentamento da pandemia do coronavírus (Covid-19). Ações em diversas frentes foram ativadas, por meio de várias secretarias, com estratégias para cada região, cidade e cidadão maranhense.

Na Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), não foi diferente. Diálogos com a classe empresarial e estabelecimento das prioridades e normas sanitárias foram ações tomadas logo nos primeiros meses de pandemia – ações estas que foram mantidas continuamente. Outra estratégia visando fortalecer o combate ao coronavírus foram as contrapartidas sociais estabelecidas por empreendimentos privados, mediante apoio do Governo do Estado na instalação ou expansão de negócios.

As contrapartidas sociais foram utilizadas como objetos de melhoria social e instrumentos importantes e necessários para combater esta crise sanitária. Fosse na entrega de unidades educacionais ou em apoio para a saúde dos municípios, este tipo de atividade resultou em grandes reforços por todo o Maranhão, mediados pela Seinc.

“A importância dos diálogos que criamos com toda a classe empresarial é representada nos frutos que colhemos ao longo do caminho, como, por exemplo, a responsabilidade social que as empresas estabelecem com o Maranhão. É por compromissos e respostas como estas que seguimos buscando oportunidades e formas para continuar ajudando o cidadão maranhense neste momento tão delicado”, analisa Simplício Araújo, secretário da Seinc.

Prédio Escolar em Godofredo Viana

A mais recente inauguração por contrapartida social articulada pela Seinc foi a Unidade Integrada Dona Izabel Andrade, no município de Godofredo Viana. A entrega da escola foi realizada a partir de uma parceria firmada entre a Seinc, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a Mineração Aurizona e a prefeitura local.

A escola irá beneficiar mais de 500 estudantes do povoado Aurizona, ofertando educação de Ensino Fundamental e Médio – a unidade foi feita dentro dos padrões de segurança e higiene exigidos pelos órgãos de saúde.

Foram entregues, ainda, mais de dez outras escolas – que integram o programa Escola Digna, da Seduc. Duas escolas foram entregues pela Algar Agro, uma pela Equinox Gold, quatro pela Suzano Papel e Celulose e cinco pela Raízen (a empresa doou, também, um caminhão, além de equipamentos para o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão – Inmeq/MA).

Ambulâncias

Seinc entrega ambulâncias doadas pela Ambev (Foto: Arthur Costa/Divulgação).

Em junho de 2020, a Seinc atingiu a marca de 42 ambulâncias doadas a municípios e hospitais regionais maranhenses. Feita a partir de contrapartidas sociais, a doação dos veículos consolidou os esforços do poder público para reforçar a saúde no Maranhão.

Pela Petróleo Sabbá, foram entregues ambulâncias nos municípios de: Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Coroatá, Governador Edison Lobão, Grajaú, Paço do Lumiar, Pastos Bons, Pedreiras, Ribamar Fiquene e Serrano do Maranhão. Já pela empresa Peróxidos, as unidades foram para as cidades de Coelho Neto, Poção de Pedras, São João do Paraíso e São Mateus.

A Multitrans entregou para os municípios de Loreto e Trizidela do Vale – já a Terminais Marítimos de Pernambuco (Temape) para Conceição do Lago Açu, Sucupira do Norte, Tuntum e Viana.

Outras empresas que também fizeram a entrega de unidades móveis de saúde foram: a Ambev, para Açailândia, Carutapera, Lajeado Novo, Riachão, São Benedito do Rio Preto, Senador La Rocque, Tasso Fragosso e hospitais em Bacabal, Chapadinha e Peritoró; e a VLI, para Buriticupu, Cedral, Esperantinópolis, Lima Campos, Matões, São João dos Patos, São Luiz Gonzaga, São Raimundo do Doca Bezerra, Timon e para o hospital Dr. Kleber Branco, em Pedreiras.