Carne e Couro

O Maranhão ocupa o segundo lugar no ranking entre os rebanhos do Nordeste e o décimo primeiro no Brasil, com o rebanho bovino totalizando 7,6 milhões de cabeças. E desde 2013, o estado é declarado como zona livre de febre aftosa pelo Ministério da Agricultura.

Os investimentos na logística do estado têm aumentado o incentivo e o potencial das cidades maranhenses que investem na produção e na qualidade do rebanho bovino, favorecendo as cadeias produtivas de carne e couro.

A extensão territorial do estado permite a criação de bovinos, por meio de vários sistemas, com alto lucro, agregando valor à carne de qualidade superior.

Além disso, o avanço no status sanitário do rebanho maranhense atrai novos investimentos como frigoríficos, laticínios e revendas agropecuárias.

Oportunidades de investimento: