Seinc e Acomac dialogam sobre impactos do lockdown

Publicado em 7 de maio de 2020.

O secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo esteve reunido com gestores da pasta e membros da Associação de Comerciantes de Material da Construção do Maranhão (Acomac), debatendo sobre os impactos do lockdown na região metropolitana de São Luís.

Durante a videoconferência, os empresários explanaram algumas demandas do setor, como os pedidos de hospitais e cemitérios por materias de construção.

Todas as sugestões do segmento serão levadas para o Governador Flávio Dino e para o comitê científico.

“Nosso lema é o diálogo. É o que tem sido feito desde 2015 e nesse momento, onde enfrentamos uma luta contra o coronavírus, estamos ouvindo e conversando com todos os segmentos, “ disse Simplício Araújo.

Uma das propostas apresentadas pela Acomac foi para que as lojas de material de construção sejam inseridas no decreto, com serviços essências e possam operar por meio de delivery e drivethur.