Governo dialoga com Banco do Nordeste sobre linhas de crédito para setor produtivo

Publicado em 24 de fevereiro de 2017.

Reunião BNB Seinc_Adriano Martins (2)

Como parte das políticas de atração e expansão de investimentos no Maranhão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), dialogou com a Superintendência do Banco do Nordeste no Maranhão (BNB), sobre linhas de crédito vinculadas ao Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

A proposta é realizar um seminário de apresentação dos recursos disponíveis na Região Nordeste do FNE. A expectativa é que o evento ocorra no dia 24 de março e aborde, ainda, os principais projetos estruturantes do Maranhão.

Na ocasião, foi discutido casos de alguns investimentos, como da Gusa Nordeste, tema este que já havia sido tratado com o Governo do Estado, vereadores e o prefeito de Açailândia, Juscelino Oliveira. Além, da empresa Notaro, instalada em Balsas, importante empreendimento para o corredor do frango na Região Sul do Estado. Outro ponto abordado, foi relativo a T.G. Agroindustrial, sediada em Aldeias Altas, que abriu mais de 1000 vagas e tem impacto direto no setor do agronegócio do Maranhão.

“Discutimos casos de alguns investimentos importantes para diversos setores do Maranhão. Essa reunião foi preparatória, para uma agenda que teremos com o presidente do BNB no dia 8, em Fortaleza”, disse o secretário.

De acordo com dados do BNB, em 2016, foram contratados mais de R$ 3 bilhões de linhas de crédito para diversos segmentos, sendo destes, R$ 1 bilhão foram do FNE, além da Superintendência no estado ter ficado em primeiro lugar no programa de ação do banco, no ano passado. Na reunião do dia 8, além dos recursos, devem ser debatidos temas como prospecção de recursos para projetos internacionais que estão sendo tratados com o Maranhão.

O Governo também irá intermediar alguns gargalos que impedem que alguns empreendimentos possam adquirir as linhas de crédito oferecidas pelo banco, tais como: outorgas de água, licenças ambientais e problemas em estradas, que serão sanados por meio diálogo entre a Seinc e outras secretarias de Governo.

Sobre o FNE

O FNE é um recurso constitucional operado pelo BNB em nove estados do Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espirito Santo, e tem o intuito de promover o desenvolvimento regional por meio da oferta de taxas diferenciada aos empreendedores e empresários locais, a fim de se estruturar, reformar ou ampliar seus empreendimentos, seja na área urbana ou rural.