Seinc vistoria obras no Distrito Industrial de São Luís

Publicado em 7 de janeiro de 2021.

Obras no Distrito Industrial de São Luís vistoriadas pela Seinc, nessa quarta (6) (Foto: Divulgação).

Gerar empregos e atrair novos negócios. Essa é a realidade dos Distritos Industriais encontrada atualmente no Governo do Estado, com ações diretas coordenadas pela Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc). Na manhã desta quarta-feira (6), o secretário Simplício Araújo vistoriou tanto a área do novo Distrito Industrial de São Luís (Disal), quanto as obras de recapeamento no Distrito Industrial, Módulo A.

Com mais de 2200 empregos gerados até 2020, o novo Distrito Industrial da capital maranhense prevê a geração de, aproximadamente, 4 mil empregos até o fim de 2021. A área, de 220 hectares, foi estruturada pela Seinc para abrigar empreendimentos de diversos segmentos da cadeia produtiva industrial.

“Estamos vistoriando as áreas novas que já estão comprometidas com empresas que irão se instalar aqui, além de acompanhar a ampliação do Grupo Mateus, que conta atualmente com 2 mil empregos em seu centro de distribuição. O grupo, junto a Mosaic e a Multitrans, estão ampliando o seu centro de abastecimento para atender a todas as suas lojas do Maranhão e dos estados vizinhos”, analisa Simplício Araújo.

O secretário analisa que a urbanização está sendo feita de forma diferente de gestões anteriores (as obras custavam entre 20 a 30 milhões de reais e não atraiam investimentos). Hoje, sem muitos investimentos públicos, a área do novo Distrito Industrial de São Luís conta com avanço no povoamento e com alta prospecção na geração de emprego e novos negócios.

Mais vistorias

Prospecção semelhante a feita no Distrito Industrial, Módulo A, que conta com mais de 12 mil pessoas empregadas em empresas de diversos segmentos. A área também foi vistoriada pela Seinc nesta quarta, que acompanhou os serviços de recapeamento asfáltico realizados.

“Vamos asfaltar várias ruas desta área e fazer todo o fluxo de trânsito do distrito industrial, para garantir o conforto dos usuários e das indústrias, tanto para o tráfego dos funcionários quanto dos clientes. O governador Flávio Dino nos concedeu a possibilidade de refazer todas essas vias com qualidade e segurança para todos da região”, apontou Simplício Araújo.