Flávio Dino, Simplício e Lula autorizam a vacina para trabalhadores da construção civil e da indústria em São Luís

Publicado em 27 de maio de 2021.

A vacinação de trabalhadores da construção civil e da indústria na Grande Ilha iniciou pelas grandes obras (Foto: Arthur Costa/Seinc).

Depois de dialogar com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), a secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), por meio do Governo do Maranhão, garantiu o início da vacinação para quase 100 mil trabalhadores da construção civil e da indústria na Grande Ilha.

A imunização dos trabalhadores da construção civil contra a Covid-19 foi iniciada nessa quarta-feira (26), em São Luís. Seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI), os trabalhadores da construção civil foram incluídos na vacinação como grupo prioritário.

Para o secretário Simplício Araújo, da Seinc, a categoria esteve em plena atividade durante todo o período pandêmico. “O trabalho de todos estes agentes da construção civil e da indústria foram cruciais em reformas, planejamentos e construções por todo o Maranhão, assim como um reconhecido trabalho na montagem das unidades de saúde que salvaram milhares de vidas”, pontuou.

Nesta quinta-feira (27), foram vacinados trabalhadores de diversas empresas, como do Consórcio de Alumínio do Maranhão (Alumar) e da Solar Coca-Cola. A vacinação iniciou pelas grandes obras – as empresas ajudaram no processo de organização do público.

“Em nome do governador Flávio Dino, iniciei a vacinação dos trabalhadores da Indústria do Maranhão. […] É o primeiro a garantir vacinas para a força de produção do nosso Estado”, finaliza o secretário.

Além de Simplício Araújo, também acompanharam a vacinação: Marcos Grande, Presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH); e Thiago, Secretário Adjunto de Estado da Saúde na Alumar.